19 trechos de filmes e livros para te inspirar • We Love

19 trechos de filmes e livros para te inspirar

Trechos que falam por mim

Há um tempo, falei sobre minha paixão em fazer listas e, arrumando minhas coisas, achei uma lista de frases de livros e filmes. É lógico que pensei em compartilhar. Ah, um dos motivos dessa lista é que não gosto de rabiscar meus livros, daí anoto elas em um caderno velho!

Filmes:

Doce Novembro
“Deixe-me ser o seu doce novembro. Façamos dos nossos momentos uma lembrança intacta.
Não quero ver você sofrer por mim. Quero apenas te ver sorrir…
Quando chegar novembro ao fim, tamparei seus olhos com meu cachecol.
Assim vou partir…Apenas não se esqueça de mim.
Lembre-se que te ensinei a ser feliz não deixarei você me ver chegar ao fim.”

Frida
“Espero que a partida seja festiva e espero nunca mais ter que voltar.”

Modigliani
“Quando conhecer sua alma, pintarei seus olhos.”

“Você sabe o que é o amor? Amor de verdade? Você já amou tanto que se condenou à eternidade no Inferno. Eu amei.”

Livros:

Lua nova – Stephenie Meyer
“O despertar – O tempo passa. Mesmo quando isso parece impossível. Mesmo quando cada batida do ponteiro dos segundos dói como o sangue pulsando sob um hematoma. Passa de modo inconstante, com guinadas estranhas e calmarias arrastadas, mas passa. Até para mim.”

Férias – Marian Keyes
“Viver dói, mas não se usa analgésico para isso.”

Encontro marcado – Fernando Sabino
“Há uma fresta em minha alma por onde a substância do que sou está sempre se escapando, mas não vejo onde nem porquê.”

100 escovadas antes de ir para a cama – Melissa Panarello
“Onde foi parar você, a narcisa que se amava tanto e tanto sorria, tanto queria dar e mais ainda receber? Onde acabaram seus sonhos, suas esperanças, suas loucuras, loucuras de vida, loucuras de morte? Onde está você, imagem refletida no espelho, onde posso te procurar, te encontrar, como te segurar?”

Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei – Paulo Coelho
“Às vezes, somos possuídas por uma sensação de tristeza que não conseguimos controlar. Percebemos que o instante mágico daquele dia passou, e nada fizemos. Então, a vida esconde sua magia e sua arte.”

Através do espelho – Jostein Gaarder
“A cada segundo, a natureza sacode a manga do paletó e caem algumas crianças novinhas em folha. Abracadabra! E a cada segundo muitas pessoas desaparecem também. Quando chega a hora, chega a hora, e tem que ir embora.”
“Não é a criança que vem ao mundo, mas o mundo que vem para a criança. Nascer é receber de presente o mundo inteiro.”
“Às vezes, Deus ergue as mãos em desespero e diz para si mesmo: ‘eu sei que muitas coisas poderiam ser diferentes, mas o que foi feito foi feito e, afinal de contas, eu não sou todo-poderoso´”

O caçador de pipas – Khaled Hosseini
“Crianças não são como livros de colorir onde os pais colocam as cores que gostam.”

Bônus: 

Maysa, quando fala o coração
”A mulher pode até jogar o homem fora, mas ela sempre quer saber quem é a outra que ele vai colocar em seu lugar.”
“Eu considero masoquismo aturar sem queixa uma porção de pessoas, eu detesto gente burra e vivo me encontrando com elas.”
“Saiam todos da minha frente que eu to caminhando pro futuro.”

Clarice Lispector:
“Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil.”
“Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.”
“Decifra-me, mas não conclua… Eu posso te surpreender.”

É claro que de onde vieram essas tem muitoooo mais. Fica para um próximo texto!
Que tal trocarmos figurinhas e você me contar quais são os seus trechos preferidos?

Natalia Moreno

Natalia Moreno

Natalia Moreno é apaixonada por literatura, animais, músicas... Formada em Letras, pós graduada em Literatura Inglesa é autora dos romances Quando eu me amar e Marcas da Vida. Tem o defeito de querer colocar tudo em ordem, desde um quadro torto até o mundo e se desespera por este último estar fora do seu alcance.
Natalia Moreno

Últimos posts por Natalia Moreno (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *