Posted on

Foi no começo do ano passado, conversando com uma amiga sobre resoluções de ano novo, que ela me contou que existia uma opção que servia tanto de apoio à arte quanto para a minha vida cultural: se tornar um Amigo do MASP, o Museu de arte de São Paulo.

A lista oficial dos benefícios é bem interessante, como entrada ilimitada e sem filas, além de descontos em cinemas escolhidos e 20% de desconto no restaurante (delícia!) do local. Mas, no ano passado, fui tantas vezes ao espaço, que posso citar mais um monte de coisa boa, por exemplo:

1. Abertura de exposições (que eu adoro por motivos de: festa) com direito a comes e maravilhosos bebes – tudo de graça!

amigo do masp, festas, abertura, eventos, como é ser

2. Eventos exclusivos para os Amigos do MASP , desde visitas guiadas com o curador da exposição ou do acervo, a palestras, painéis de discussão e oficinas ligadas ao universo das artes.

art is hard gif masp museu amigo do como é

3. As vagas para as atividades e cursos pagos abrem primeiro para quem é Amigo do Masp e pode até rolar de ter um desconto maior do que o default de 10%.

obama masp amigo do masp michelle museu,

Mas e o preço de tudo isso, você me pergunta? O valor individual é um pouco alto (R$ 160), mas eu me juntei a mais 3 amigos e fizemos o pacote família, que sai por R$67,50 por pessoa por ano. Ou seja, você paga esse valor uma única vez e tem direito a tudo isso, mais descontos na Livraria Cultura, no Teatro Eva Herz, entre outros. Consulte o site para descobrir mais. 

Ps: esse post não é #publi, é amor mesmo. E você, tem algum lugar na sua cidade que você gosta muito, frequenta e ajuda a se manter? Conta pra gente no Twitter @coletivowelove ;)

Bia Pennino

Especialista em festas, Bia faz parte da ONG Fiesta Forévis. Adora Carnaval, flamingos e já serviu chá para o David Bowie.
Bia Pennino

Últimos posts por Bia Pennino (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *