Bailarino de 23 anos quebra paradigmas no mundo da dança • We Love

Bailarino de 23 anos quebra paradigmas no mundo da dança

Erik

Erik Cavanough nunca imaginou que alguns de seus movimentos de dança compilados em um vídeo poderiam, um dia, bater a marca de 3 milhões de visualizações. O bailarino de 23 anos quebrou uma série de paradigmas depois de ter seu vídeo publicado na página do New York Post no último domingo (08), mostrando que, quando existe talento, nada mais se faz necessário.

Erik remou contra a maré e mostrou que o homem pode arrasar no chão de fábrica ou na pista de dança. A jornada começou no ensino médio e, de lá para cá, a luta tem sido intensa. Além da “barreira” de gênero, o fator peso foi responsável por fechar diversas portas em sua vida profissional.

O culto ao corpo magro e atlético se deu início no final da década de 40 com a fundação da academia de Ballet de Nova York. Foi lá que grandes nomes – e não necessariamente, referências – como Rudolf Nureyev e Mikhail Baryshnikov se consolidaram.

O irmão de Erik, Ryan, relata que o dançarino teve de deixar duas escolas de dança até encontrar profissionais que reconhecessem seu verdadeiro potencial artístico. “Por conta do preconceito, os professores não o inscreviam para programas e o mantinham sempre no mesmo nível”, explica.

Erik foi aceito na Universidade de Slippery Rock e começou a postar vídeos curtos de performances em sua conta do Instagram. Depois que a publicação colocou seu nome nos holofotes, ele vem recebendo milhares de mensagens inspiradoras de pessoas que passaram ou passam por situações semelhantes.

A matéria original foi publicada no Mic e pode ser lida na íntegra aqui.

Coletivo WeLove

Coletivo WeLove

O Coletivo WeLove foi fundado para ser um espaço livre para a exposição de ideias e troca de inspiração entre pessoas interessantes e interessadas. Acreditamos que falta conversa boa, ouvir além de falar e assinar embaixo quando escrevemos – ou dizemos – algo.
Coletivo WeLove

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *