9 vezes que Lady Gaga foi a rainha das rainhas • We Love

9 vezes que Lady Gaga foi a rainha das rainhas

lady-gaga-joanne-world-tour-aug-2017-a-billboard-1548

1 – Quando ela parou um show em Connecticut (EUA) para pedir atendimento a uma fã que estava sangrando. Do palco, a mother monster perguntou se a fã estava se sentindo bem e completou: “O que todos nós precisamos lembrar é que há coisas mais importantes do que show business”.

 

2 – Quando ela respondeu o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que declarou que iria banir os transgêneros do exército dos Estados Unidos. “A mensagem que você acabou de enviar coloca em risco a vida das pessoas em todo o território dos Estados Unidos e no exterior que estão, corajosamente, servindo a nossa nação”.

3 – Quando ela não conseguiu segurar o choro durante a vigília da boate Pulse em Orlando, massacre que matou cerca de 50 pessoas. “Testemunhamos o maior tiroteio em massa da história americana, não posso deixar de sentir que esse nível de ódio, como todos os crimes preconceituosos, é um ataque à própria humanidade”.


4 – Quando ela postou em seu Facebook uma foto rezando pelas vítimas do incêndio na boate Kiss, de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. E escreveu: “Meu coração está com vocês, Brasil. Envio minhas preces às famílias e amigos que perderam entes amados no incêndio no Brasil. Mentalizo vocês hoje durante esta tragédia”.

xlady-gaga.jpg.pagespeed.ic.Kg8om1uxAb

5 – Quando ela se emocionou depois de sua apresentação do Super Bowl e caiu no choro nos braços da sua família.


6 – Quando ela abre o coração para falar sobre depressão e ajudar milhões de pessoas e fãs que passam pelo mesmo problema. “Eu admito abertamente ter lutado contra a depressão e a ansiedade e acho que muitas pessoas precisam fazer isso também.”
 

7 – Quando ela visitou um lar de órfãos em Cabo San Lucas, México, para levar mochilas e livros e cantou uma música especial para um menino.


8 – Quando ela agradeceu a Madonna pelo discurso no “Billboard Music Awards”. “Madonna, seu discurso foi inspirador. Você é tão corajosa e forte. Obrigado por ser quem você é para nós, meninas. Precisamos disso.”

9 – Quando ela gritou pro mundo inteiro que “não importa se você é gay, hetero ou bi, lésbica ou se é transexual. Não importa se você é negro, branco ou amarelo, se é latino ou oriental. Nós nascemos desse jeito”. Obrigado, mother monster <3!

giphy

Adler Berbert

Adler Berbert

Editor do We Love. Jornalista, curte frases de efeito, acha que sabe jogar vôlei e está viciado em tirar fotos de anúncios nos postes da cidade. No colegial, foi expulso da banda marcial por não ter ritmo, mas ainda continua acreditando que tem potencial musical.
Adler Berbert

Últimos posts por Adler Berbert (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *