Posted on

Ela não conta mais os dias, nem olha o calendário a procura do traço azul que circulava aquele dia – azul, porque nunca gostou de vermelho.

A cada véspera, ela fecha os olhos e ainda lembra da textura dos cabelos loiros dele e do cheiro de camomila que tinha. Sorri.

“A gente precisa parar de usar o mesmo shampoo”, ele dizia ao vê-la sair do banho com o cabelo molhado, indo beijá-la.

“Camomila acalma e ilumina”, ela balançava as pálpebras sorrindo ao responder.

“Eu sei, você é a calmaria que eu sempre procurei”, ele a abraçava e ela se derretia naquele abraço que reconhecia como a extensão do próprio corpo.

Declarações repletas de eu te amo não se faziam necessárias. Eles sabiam o que sentiam. Mesmo que ninguém entendesse. Nunca foi preciso fazer sentido aos olhos de fora. Eles se declaravam quando um cozinhava o jantar e o outro lavava a louça, em uma dança íntima sincronizada. Ou quando chegavam em casa e eram recebidos com um beijo e sorriso de “como foi o seu dia?”. Ou nos pés entrelaçados ao dormir, após passarem horas sonhando com a próxima viagem, o próximo show. E, principalmente, no bom dia preguiçoso da manhã de sábadomingo ainda na cama, que cheirava a camomila.

“Não seremos iguais aos outros casais”, ele prometera.
“Não somos”, ela enfatizou.

Porém, a vida aconteceu. Ele não pôde cumprir as promessas. Foi obrigado a deixá-la. Os planos tão sonhados tornarem-se lembranças – ainda dolorosas – de uma vida que parece pertencer a outra pessoa.

“Eu sempre estarei com você”, ele se despediu.
“Eu sei”, ela respondeu, pouco antes dele fechar os olhos.

Ela continua usando o shampoo de camomila. Quando olha para a embalagem, sorri ao lembrar daquele sorriso lindo com covinhas e do olhar mais doce, que agora só existe nessa lembrança. Mas amanhã é 23.

Bruna Guimarães

Jornalista & fashion lover. Made in Aracaju, living in São Paulo. Acredita que o amor é sempre destino e glitter, uma segunda pele. Louca por carnaval e mar e sorrisos e pessoas interessantes.
Bruna Guimarães

Últimos posts por Bruna Guimarães (exibir todos)

One Reply to “Amanhã é 23”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *