Estas lendas brasileiras são muito mais legais do que Coelhinho da Páscoa • We Love

Estas lendas brasileiras são muito mais legais do que Coelhinho da Páscoa

Coelhinho da Páscoa e outras lendas

Mais uma Páscoa chegou e pela internet afora já começaram os embates dos preços dos ovos de Páscoa vs os preços das barras de chocolate, mas você sabe a origem da Páscoa?

Para o cristianismo, o domingo de Páscoa marca a ressurreição de Cristo enquanto a sexta-feira santa é a data do sofrimento e da crucificação de Cristo.

Mas e o coelho, onde entra nisso tudo?

O coelho branco era um símbolo da Lua e da Primavera para alguns povos pagãos e como em algumas civilizações a lua era quem determinava as datas e mudanças nas estações, é bem possível que ele tenha se tornado o símbolo da Páscoa nessa época, porque além disso, a gestação do coelho dura quarenta dias, fortalecendo a ligação dele como símbolo.

No Brasil, imigrantes alemães trouxeram a história de uma mãe de família pobre, que sem ter o que dar para seus filhos, pintou vários ovos de galinhas para divertir as crianças. Na euforia da brincadeira, teriam assustado um coelho branco que descansava ali perto dos ovos, levando as crianças a achar que os ovos tinham sido colocados pelo bichano.

Aproveitando o papo sobre lendas, listamos algumas histórias contadas pelo Brasil afora que talvez você não conheça.

Diabinho da Garrafa

Lenda conhecida no Norte do país, o Diabinho da Garrafa começa quando, depois de feito o pacto com o diabo, a pessoa tem que conseguir um ovo, que dele nascerá um diabinho. Não é um ovo normal de galinha, na verdade, o ovo, segundo a lenda, foi fecundado pelo próprio diabo.

O ovo do Diabinho da Garrafa deve ser procurado durante o período da quaresma (coincidência né?). Depois de achar o ovo a pessoa vai até uma encruzilhada, à meia-noite, com o ovo debaixo do braço esquerdo, depois volta para casa e vai dormir. No final da quaresma, o ovo choca e dele nascerá o Diabinho.

Agora é só colocar ele na garrafa e fechar bem fechado. Depois é só esperar que o dono vai ficar rico com a “única” pena de ser levado para o inferno quando morrer.

A Cuca

Mais conhecida como o jacaré que inferniza a turma do Sítio do Picapau Amarelo, a Cuca é uma das principais lendas do folclore do Brasil. A Cuca é basicamente uma bruxa na forma de um jacaré que sequestra as crianças desobedientes.

cuca GIF

Arranca-línguas

Segundo as pessoas que viram um arranca-línguas, ele é um gorila muito grande que obviamente se alimenta de línguas. Sua dieta é basicamente línguas de cavalos, cabras ou gente, como eu e você. Atacando suas vítimas à noite, o arranca-línguas é comum na região do Rio Araguaia e Distrito Federal. (Juro que não é uma piada ou referência à Brasília, mas bem que podia ser).

Look Eating GIF

Procissão dos mortos

Lenda típica do Sul do país, é a história de uma velha tinha o costume de ficar na janela fofocando sobre a vida dos vizinhos. Um dia à noite, ela estava lá na janela, como de costume, e começou a passar uma procissão toda de pessoas vestidas de branco, segurando velas.

Sem entender porque naquele dia não foi avisada de nenhuma procissão, a velha ficou ainda mais surpresa quando uma das pessoas se destacou do grupo e foi até ela, entregou uma vela e disse para ela: “guarda essa vela que amanhã eu venho buscar”.

A senhora foi deitar, apagou a vela e dormiu. No dia seguinte, no lugar da vela, ela encontrou um osso humano.

Ainda hoje relatos de procissões parecidas ainda podem ser encontradas por aí.

ghosts GIF

A porca e seus sete porquinhos

Essa lenda conta a história de uma baronesa do café que, escravocrata como só, maltratava os escravos. Cansados do que sofriam, procuraram um feiticeiro para que ele tomasse alguma atitude.

Como vingança, o feiticeiro lançou uma maldição sobre a Baronesa, transformando ela e seus sete filhos em porcos. Dizem que a maldição só pode ser quebrada se eles acharem um anel que foi enterrado. Por isso, em alguns lugares do Vale do Paraíba, até hoje se escutam grunhidos de porcos, à noite, farejando à procura do anel.

happy on my way GIF by Tirol

David Moratório

David Moratório

Redator e analista de conteúdo, amante de livros, domingos em casa e series bobas. Filósofo de hamburgueria que acredita que a única salvação é o amor.
David Moratório

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *