Comportamentos que são homofóbicos e você deve evitar • We Love

Comportamentos que são homofóbicos e você deve evitar

lgbt1-940x556
Hoje o mundo celebra o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia. A data é comemorada desde maio de 1990, quando a homossexualidade (finalmente) deixou de ser uma doença pela ciência. A gente fala em homofobia e associa logo àquelas notícias horríveis de brutalidade e assassinato.  Mas a verdade é que o preconceito está, também, em coisas menores do dia a dia. Por isso, queremos relembrar 10 vezes em que você – ou a sociedade – foi homofóbica e não se deu conta.
jonah hill no GIF
1. Quando você viu um casal homossexual se beijando na rua e ficou desconfortável.
As pessoas precisam parar de achar que esse tipo de atitude é anormal, estranha e “desnecessária”. Mais amor, por favor.
 Quantico Kiss GIF
2. Quando você chamou aquele seu amigo de viado por alguma coisa que ele fez/falou.
Primeiramente, vamos desconstruir essa ideia de que ser gay é xingamento, ta bem? Não grite pro jogador de futebol que errou um gol, chame seu amigo na brincadeira e nem comece um tweet com “viaaaaaaaado”. Vamos deixar essas expressões pros LGBT’s se eles quiserem usar. O mesmo vale pra sapatão.
aware busch beer GIF by Busch
3. Falar que alguma coisa é “coisa de bicha”.
Geralmente, quando alguém fala que algo é “coisa de bicha”, é no sentido pejorativo da palavra. Aqui tem uma lista de coisas que são “coisas de gay” mesmo: Parada gay, boate gay, amor gay e por aí vai…
new york lgbt GIF by NowThis
4. Dizer que é desperdício um cara/mulher gat@ ser homossexual.
Sim, o Rick Martin é gay e a Cara Delevigne já foi vista beijando várias mulheres, mas você precisa superar isso. Se el@ não está disponível, é só ir atrás de alguém que goste do que você tem.
cara delevingne GIF
5. Quando você não deixou seu filho brincar de boneca porque “é coisa de menina”.
Não tem essa de “isso é coisa de menina”, “isso é coisa de menino”. As pessoas podem brincar, conversar e se vestir sobre e do jeito que bem entenderem. Até as crianças. Como pai ou mãe, o seu trabalho é de aceitar sua criança e apoiá-la. Se o amor, a cumplicidade e a proteção não vierem de casa e você só trabalhar na base da rejeição, você está contribuindo para a exclusão e para o preconceito.
eye doll GIF
6. Se você ouviu uma piadinha do seu amigo e não falou nada
Deixar o assunto quieto não é menos pior do que o restante dos comportamentos homofóbicos. Preconceito – seja ele racial, social, de gênero ou sexualidade – é crime e, quando você aceita certos comportamentos, você banaliza a homofobia.
Drag Race Choices GIF by Rupauls Drag Race All Stars
7. Achar que uma família é composta por pai, mãe e filhos.
Sim, a famosa família tradicional brasileira também acha isso. Mas é igualmente certo ter duas mamães, dois papais ou ser filho de pai/mãe solteir@. Se eles são LGBT’s, negros, indígenas ou pintados de ouro, o amor que os uniu é o que importa, não é mesmo?
lesbian GIF
8. Quando você disse que a homofobia não existe e, na verdade, é só opinião.
A homofobia existe e mata uma vítima a cada 19 horas no Brasil. A violência, brutalidade e o preconceito são reais e alarmantes.
sweaty tituss burgess GIF by Unbreakable Kimmy Schmidt
9. Quando você fala que respeita os homossexuais, mas…
Se existe aceitação, então porque um “mas…”? Não dá pra respeitar e pronto? Cada um tem sua vida, seus gostos, preferências, responsabilidades, sonhos e amores. Se cada um cuidasse daquilo que é seu, já tava bom demais.
donald trump drag GIF
10. Se você acha que não precisa ter cena de beijo gay em novela e filme pra não dar mau exemplo pras crianças.
Olha, se espalhar o amor na mídia, em propagandas e campanhas é errado, a Terra deve estar girando em outro sentido e de ponta cabeça. Seu filho ou filha não vai se tornar LGBT porque viu duas meninas se beijando em Malhação, pode ficar tranquilo.
love is love GIF
Nesse dia de luta, é importante lembrar que ninguém nasce homofóbico. A gente aprende em casa, na escola, na igreja, mesquita e sinagoga e com as propagandas heteronormativas. Então, daqui pra frente, vamos repensar em nossas atitudes e lembrar que respeito é muito bom e todo mundo gosta.
Maria Juliasz

Maria Juliasz

Estudante de jornalismo e, atualmente, estagiária da Malagueta, é apaixonada por viagens, fotografia e pular de lugares altos (alô, bungee jump). Quer ser jornalista de guerra um dia e aguarda ansiosamente a volta do Bob Marley.
Maria Juliasz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *