Posted on

A ideia até pode parecer bizarra, mas faz todo o sentido. Anualmente, cerca de um terço de toda a comida destinada ao consumo humano acaba no lixo, segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Pensando em uma forma de amenizar todo esse desperdício, foi fundada a rede de supermercados Warehouse, na cidade de Pudsey.

O cliente chega e se depara com uma variedade de legumes, frutas e verduras. No final, quando o carrinho está cheio e é hora de pagar, ele se pergunta quanto vai ter que desembolsar e essa é a melhor parte: é o próprio consumidor que decide. Os alimentos não têm preço fixo exatamente porque seriam desperdiçados por estarem próximos da data de validade ou vencidos.

fruit-and-veg-1024x510
Foto: Divulgação

Para garantir que os estoques estejam sempre abastecidos, o estabelecimento, idealizado pela organização Real Junk Food, recebe doações de restaurantes, quitandas e lojas de pequeno porte. Os únicos custos da rede envolvem basicamente transporte, manutenção e staff.

Aparentemente, o Warehouse é o primeiro supermercado do tipo no Reino Unido, mas um projeto similar já havia sido lançado em março, na Dinamarca, por uma cooperativa que vende apenas alimentos “vencidos”.

Coletivo WeLove

O Coletivo WeLove foi fundado para ser um espaço livre para a exposição de ideias e troca de inspiração entre pessoas interessantes e interessadas. Acreditamos que falta conversa boa, ouvir além de falar e assinar embaixo quando escrevemos – ou dizemos – algo.
Coletivo WeLove

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *