Posted on

Uma das maiores características do mundo atual é a falta de limites, principalmente nas comunicações. São informações invadindo todos os nossos sentidos, a maioria das vezes sem autorização.

Há uma profusão de sons e imagens, inúmeras possibilidades de filmes, músicas, livros, alimentos, moda… Apelos de todos os tipos, físicos, emocionais, mentais, espirituais… E o pior, são tantos e mudando tão rapidamente, que nos falta tempo.

Quando nos damos conta, “já foi”, “já era”…

Chegamos então à imprescindível pergunta: como viver e não nos perder em meio a tantas escolhas que não queremos, não podemos, não conseguimos, mas precisamos fazer?

Antes de mais nada, acordar.

Devemos – conscientemente – escolher nos abrir, ou não, a tudo o que existe à nossa volta. Deixar entrar, sentir, pensar, experimentar… E acima de tudo aprender a cortar. Nossa maior tarefa atualmente.

Lembrar que nos relacionamos sempre com pessoas e situações diferentes: família, trabalho, amizades, amor.

E que tudo muda, tudo passa, tudo se transforma. Nós também.

Lembrar que qualificando nossas escolhas é que poderemos saber como dar algum sentido ao nosso entorno. Só assim, poderemos viver plenamente cada momento que o nosso tempo tem a oferecer.

E agora, a última, mas a primeira pergunta: “Quem é você?”

Lita Forbes

Encantada pela vida e todas as surpresas e possibilidades de crescimento e transformação que ela apresenta. Há anos, procura compartilhar essas experiências com as pessoas
Lita Forbes

Últimos posts por Lita Forbes (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *