Posted on

É.

É sobre carnaval. É, eu sei que já passou. E desde quando existe tempo certo ou errado pra falar sobre alguma coisa? Segue um ensinamento pra isso que eu tô falando e pra vida toda: aceite de bom grado que nem tudo pode ser controlado.

Eu não gosto de carnaval, aceite isso também. Porém, entretanto, todavia, meu pai ensinou que se você não provou, não diga que não gosta. Enfim, uns bons e melhores amigos me chamaram pra curtir um dia no bloquinho. Mas meu instinto é dos bons, cara, e eu já sabia que nem fazendo aviãozinho conseguiria engolir a muvuca. Primeiro que lugar cheio me causa uma agonia, segundo que lugar cheio com homem e mulher passando a mão dá uma mistura de agonia e repulsa. A gente tem mania de associar t-u-d-o com pegação. Que saco. Eu só queria achar um lugar com algum oxigênio por metro quadrado, abrir minha catuaba e ficar de boas. Fiz isso, mas mesmo assim não me senti em casa. Engraçado dizer isso porque sou “filha do carnaval” e geneticamente falando (ou não), a probabilidade de amar essa folia era de 99%. Talvez isso não faça o mínimo sentido. Talvez. Mas onde tenho encontrado explicação pra esse sentimento pouco afetuoso é que faço parte daquele 1% da música.

Eu queria passar pelas pessoas sem ser espremida, queria respirar. Ah! Uma lição valiosa é que é possível sim pegar glitter por osmose. Não tinha passado e encontrei o negócio em mim… É!

Se você gosta, não me odeie pelo texto. Eu respeito, acho lindo gente que acha lindo o Carnaval, só que pra mim não faz sentido. Nós escolhemos uma data no ano pra se fantasiar, pra ir pra rua pular e agir feito criança (no bom sentido), pra juntar os amigos e rir. Uma época do ano só pra fazer tudo o que quiser antes de trabalhar. Porque aí a coisa vai ficar feia, e o único o bloco, o dos “workaholics”, vai passar pela sua vida. Ô abre alas, que eu quero passar longe desse pensamento.

Ligia Marques

Eu falo sobre danos e reparos, sorrisos e chover no molhado. Quase um sincericídio. E digo mais: escreveu, não leu...
Ligia Marques

Últimos posts por Ligia Marques (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *