Somos a geração que mais teme a infelicidade • We Love

Somos a geração que mais teme a infelicidade

Move | Créditos: Pixabay

Quem nunca olhou pra cima e ficou imaginando como seria bacana alcançar o céu? Todo mundo tem sonhos de subir, certo? É, na vida mesmo, de fazer aquela coisa que vai te suprir completamente, te deixar feliz por inteiro. Quem nunca?

O problema é que a gente sempre esbarra em um punhado de coisas que vão deixando nosso balão pesado, antes mesmo de querer decolar. Ah, a insegurança. Nossa geração é a primeira que se propõe a questionar a felicidade do seu futuro antes mesmo de ele experimentar qualquer atividade profissional – o que é fantástico, pois nos obriga a nos conhecer mais profundamente e evita profissionais infelizes e insatisfeitos com suas escolhas – mas, como resultado, somos também a geração que mais teme a infelicidade. Não sabemos o que queremos e temos medo de arriscar.

Tá vendo aquele monte de gente voando alto? Foda, né? O que você acha que eles tiveram que fazer pra chegar lá em cima? Estudar? Ter uma ideia genial? Se preparar psicologicamente? Olha… talvez. Mas uma coisa que é certa, é que eles começaram do mesmo jeito: Se mexendo.

Quer fazer algo legal? Faça. Esse é o segredo de tudo. A gente se coloca muitas amarras, muitas desculpas e acaba enterrando os próprios sonhos. Tudo dá pra ser feito, só depende de você. E não me venha discursar sobre tempo certo das coisas, que te dou um tapa na orelha. Isso é só mais uma desculpa. O tempo certo, nada mais é, do que a hora que você quer muito fazer alguma coisa.

Não importa o quão gigante seja o vôo que você quer dar, você tem que se mexer o mínimo para primeiro sair do chão e, o resto, o vento joga pra cima.

Publicado originalmente em outubro de 2015

Lucas Ohara

Lucas Ohara

Penso, logo, penso mais um pouco para não falar besteira. Sempre tive esse medo, menos para escrever (ou subir no palco). Flutuante entre música, esportes, entretenimento e pessoas - odeio fazer coisas sozinho. Um cara do tipo esponja: vive absorvendo de tudo para criar (na sua cabeça) uma opinião sensata sobre os mais variados assuntos.
Lucas Ohara

Últimos posts por Lucas Ohara (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *