Tem amor que não sai da gente • We Love

Tem amor que não sai da gente

Tem amor que não sai da gente | Pexels

Tem amor que gruda na gente igual chiclete. Igual cola quente. Igual Super Bonder na ponta do dedo. Tem sentimento que não sai por nada. A gente querendo tê-lo ou não. Tem aquele tipo de amor que aguenta vento, garoa, tempestade e até furacão. Luta contra amigo, contra família, contra a torcida do Corinthians, contra causas sociais ou financeiras só para permanecer junto.

Tem amor que sobrevive a inveja, ao mau olhado, ao mau agouro, a mentira, a piada, a falsidade, ao obstáculo, a provação, a distância, a falta de tempo. Tem amor que dribla horóscopo, astrologia, terapia, baladas, bebedeiras, simpatias, idas e voltas. Tem amor que supera tempo, momento, oportunidade, desafia o destino, os cosmos, as estrelas e não sai da gente nem com reza brava.

Tem amor que fixa na pele como um perfume bom que impregna mesmo depois de ter tomado banho. Tem amor que fica na cabeça da gente como quem aprende a andar de bicicleta ou aprender a escrever o próprio nome (coisas que não se esquece). Tem amor que fica morando no peito da gente como se não controlássemos mais nossos sentidos. E, realmente, não controlamos.

Amor não pede licença, não toca campainha, não bate palma. Chega, fica e faz morada bem do lado esquerdo do peito da gente. Amor que não se mede, não se repete e não se arranca com uma faca.

Lutar contra o amor é luta vencida. Você vai perder de lavada e o máximo que vai conseguir fazer (além de sofrer) é se cansar. Não dá para ir contra algo que é maior que você.

Simplesmente se permita. Se renda.

Permita que esse amor te invada dos pés a cabeça. Permita que esse amor faça você ter vontade de ser alguém melhor. Permita que esse amor arranque sorrisos fora de hora.

Permita que esse amor te permita sonhar, voar, viver. A vida é uma só e acredite, nem todos têm o privilégio de amar e ser amado. O amor é para poucos porque exige coragem.

Coragem para abrir mão de planos individuais e passar a pensar no outro. Pensar em dois.

Amar é nem sempre concordar com tudo, mas engolir sapo de vez em quando, para evitar brigar por nada.

Amor é um futuro que só acontece quando vivemos o presente. Amar é se doar, perdoar, ir e voltar. Não sei quantas chances um amor merece como também não sei quantas vezes um coração pode dizer adeus.

O amor não é bonito o tempo todo e não vive só de sorrisos. Amor também dói. Amor também causa saudade. Amor também derruba lágrimas. Só que amor é altruísmo. É deixar a porta sempre aberta junto com a opção de escolha: ir ou ficar; partir ou voltar.

Tem amor que fica na gente para sempre. Porque simplesmente faz parte de quem somos.

Dentro dos nossos dias tão tumultuados e numerados, você me deu uma eternidade. E nem sabe o quanto eu te agradeço por isso.

Eu te amo. Sempre vou amar. E que o destino te leve para onde você for mais feliz. Seja para dentro do meu coração ou não.

Regine Luise

Regine Luise

Jornalista por formação, poeta por opção, escritora por inspiração. Conselheira amorosa de boteco, romântica de carteirinha assinada. Escreve para expressar o que pensa, sente e, principalmente, quem é.
Regine Luise

Últimos posts por Regine Luise (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *