Utilidade Pública: vídeos para entender e lidar com a masculinidade tóxica • We Love

Utilidade Pública: vídeos para entender e lidar com a masculinidade tóxica

justin-baldoni

Ele joga futebol e revida o pontapé do coleguinha com um soco na cara, mas “tá tudo bem, deixa o menino, ele tá certo. Se alguém chuta o garoto ele vai fazer o que? Chorar? Menino não chora!” Tem que chegar aos dez e já ter enfiado a língua na garganta de uma mina. Aos quinze, perder o cabaço. Aos trinta, sustentar toda a família sem pestanejar. Para, só nos quarenta e cinco do segundo tempo, perceber que desmoronar faz parte. E não tem nada de mal nisso.

A construção de ‘homem’ enquanto ser forte, inquebrável e superior é imposta desde a infância e pode acarretar em sérios problemas psicológicos. Segundo dados da American Foundation for Suicide Prevention, a ocorrência de suicídios em homens é quase quatro vezes maior do em mulheres nos Estados Unidos. Os números revelam a importância de ressignificar a masculinidade e incentivar jovens a serem mais abertos e a desenvolver inteligência emocional e autocontrole.

Para entender melhor a diferença entre “homem do discurso” e “homem real,” nada melhor do que passar a bola por quem já foi protagonista dessa dissonância. Confira abaixo nossa seleção de vídeos para entender mais sobre o assunto:

“Quando eu era criança, queria ser amigo dos meninos. E, como dizem que o feminino é o oposto do masculino, ou eu rejeitava incorporar qualquer uma dessas características ou era rejeitado. Esse é o roteiro que nos foi dado.” Justin Baldoni, ator.

*Não esqueça de ativar a legenda :)

“Um garoto de doze anos jogava futebol. Perguntei como ele se sentiria se o treinador dissesse que ele ‘joga como uma menina’. Ele disse que se sentiria destruído. Se ele se sentiria destruído por ser chamado de ‘menina’, o que nós estamos ensinando sobre ‘ser menina’?” Tony Porter, ativista.

“As duas palavras mais perigosas que podem ser ditas para qualquer garoto é ‘seja homem’. Menos de 50% dos homens com doenças relacionadas à saúde mental procuram ajuda.” The Mask You Live In, documentário construído a partir de depoimentos de jovens, adultos e psicólogos.

Bônus: para ouvir no ônibus, no carro, no trem, metrô – até em casa, deitado na cama. O episódio 145 do podcast Mamilos convida Gui Valadares, fundador e editor-chefe do portal PapodeHomem; Thiago Queiroz, criador do site Paizinho, Vírgula!Oga Mendonça e Fe Duarte para um papo sobre masculinidade e sentimentos em uma tentativa de ressignificar a construção engessada de ‘homem’.

Coletivo WeLove

Coletivo WeLove

O Coletivo WeLove foi fundado para ser um espaço livre para a exposição de ideias e troca de inspiração entre pessoas interessantes e interessadas. Acreditamos que falta conversa boa, ouvir além de falar e assinar embaixo quando escrevemos – ou dizemos – algo.
Coletivo WeLove

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *